Doce cremoso de goiaba

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Ou você pode simplesmente copiar e colar na sua Rede Social

Doce cremoso de goiaba

3 de julho de 2014

Descrição

Compartilhar

Algo que sempre tenho congelado é polpa de fruta. Às vezes, esbarro em frutas que estão em plena safra, baratas e saborosas, e faço uma compra maior. Daí descasco, pico ou trituro e congelo para consumir em outras oportunidades.

Da última vez que precisei dar uma limpa no freezer, encontrei vários potinhos com polpa de goiaba. Deixei descongelar, passei por uma peneira para descartar as sementes e decidi: vou fazer doce cremoso de goiaba. – “E você sabe fazer, Letrícia?” – Craro que não, amigue. Mas mamãe (doceira de mão cheia) e o Google estão aí para ajudar.

Fucei vááárias fontes por aí em busca de uma receita que não fosse excessivamente doce e que tivesse a consistência que eu queria. Acabei chegando não a uma receita, mas a uma proporção, que vi se repetir muitas vezes: 4:1, ou 4 partes de goiaba para 1 parte de açúcar (peso em gramas). Assim, se você vai usar 1 kg de polpa de goiaba, deve adicionar 250 g de açúcar. Se quiser, acrescente suco de limão espremido – ressalta a cor e o sabor da goiaba. Para isto, também há proporção: 1 banda de limão pra cada 500g de polpa de goiaba.

Foi bastante simples preparar (basta ter tempo e braço) e o resultado foi muito compensador. O doce ficou uma delícia, super cremoso, bom para rechear e cobrir bolos e pães doces, espalhar na torrada, parear com queijo branco. A cor ficou um tanto pálida, mas mamãe explicou que é por causa da quantidade de açúcar que eu usei. Para ter aquela cor vermelhona da goiabada, o doce precisa levar açúcar na proporção de 1:1, que eu acho um exagero.

E aí, bora pro tacho?

Receita adaptada de diversas fontes

Ingredientes

600 g de purê de goiaba*
150 g de açúcar
Suco de 1/2 limão

Modo de Preparo

Numa panela de fundo grosso, leve ao fogo baixo o purê de goiabas, o suco de limão e o açúcar, mexendo sempre por 45 minutos. Sim, é muito tempo mexendo. E sim, não dá para parar de mexer, senão o doce gruda no fundo.

Como saber se o doce deu ponto? Minha mãe me ensinou dois testes: você pode pingar um pouquinho de doce num pires (gelado ou não) e inclinar – se o doce não escorrer, está no ponto. Outra possibilidade é pingar o doce em um pires e, por cima, derramar um tiquinho de água. Ee estará no ponto se não se dissolver em contato com a água.

Distribua o doce em vidros esterilizados (quer aprender a esterilizar os vidros? A Akemi ensinou aqui). Deve durar até uns 3 meses em local fresco e protegido da luz. Depois de abrir, mantenha na geladeira.

Observações Finais

* Faço o purê de goiaba assim: com uma faquinha, removo a base e o topo das goiabas. Depois, descasco as frutas com um descascador de batatas. Em seguida, corto em pedaços e passo pelo processador de alimentos até obter um purê grosso. Por fim, passo o purê por uma peneira para eliminar as sementes.

anterior
Everyday Brownies
próximo
Salaminho de chocolate
anterior
Everyday Brownies
próximo
Salaminho de chocolate

Adicionar um comentário