Bolo de arroz cru

Compartilhe nas suas Redes Sociais:

Ou você pode simplesmente copiar e colar na sua Rede Social

Bolo de arroz cru

9 de outubro de 2018

Descrição

Compartilhar

Receitinha rápida e matadora: bolo de arroz cru! Calma, antes que você torça o nariz, preste atenção ao que eu vou contar:

1. A textura é fofinha, sem nenhum grânulo esquisito. Isto porque o arroz fica de molho um tempão antes de ser usado;

2. A massa fica úmida porque leva iogurte e óleo;

3. O sabor combina lindamente a doçura natural do coco e o salgadinho do queijo. Fica muito, muito, muito bom;

4. Não tem glúten! Bom para celíacos e intolerantes!

5. Você prepara no liquidificador, fácil, fácil!

E aí, vamos preparar esse bolo? Vá lá deixar o arroz de molho, depois vem comigo!

Receita da querida Lu Goto, do canal Daisuki Doces

Ingredientes

1 xícara de arroz cru
3 ovos grandes
120 mL de óleo vegetal de sabor suave (1/2 xícara)
170 g de iogurte natural (1 pote, ou 2/3 de xícara, se usar caseiro)
360 g de açúcar (1 3/4 de xícara)
50 g de queijo ralado (tipo parmesão)
100 g de coco ralado
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de Preparo

O primeiro passo da receita, você faz com 12 horas de antecedência – lave o arroz e deixe-o de molho em água filtrada – o suficiente para cobri-lo completamente. Se estiver quente onde você mora, pode deixá-lo na geladeira.

Quando o arroz tiver completado o tempo de molho, pode começar a receita.

Ligue o forno a 180ºC. Unte com manteiga ou margarina uma forma de anel lisa, com 22 cm de diâmetro. Polvilhe com açúcar.

No copo do liquidificador, adicione o óleo, os ovos e o iogurte e bata até ficar homogêneo. Acrescente o açúcar e bata mais, até que não haja grânulo aparentes.

Adicione então o arroz cru, o coco ralado e o queijo e bata por uns 5 minutos ou até obter uma massa lisinha.

Some por fim o fermento, pulsando até que ele seja incorporado.

Verta a massa na forma preparada e leve ao forno por cerca de 45 minutos ou até que ele fique com a superfície dourada, querendo descolar dos cantos da forma, e passe no teste do palito.

Deixe amornar sobre uma grade antes de desenformar.

Observações Finais

Se eu puder dar dois conselhos a você em relação a este bolo, são estes:

* Deixe o arroz de molho por 12 horas. Sério. É importante. Não adianta deixar na água quente para ver se reduz o tempo de molho. Não fica a mesma coisa.

* Se você pretende usar manteiga/margarina e açúcar para untar a forma, um conselho: escolha uma forma lisa. As formas tipo bundt (como a que eu usei na foto) não são boas para isso. Se você olhar com atenção, verá que o meu bolo perdeu vários pedacinhos da superfície. Eu teimei em usá-la porque achei que o bolo não caberia na minha forma lisa, que é bem menor.

* Durante as férias, descobri que me tornei intolerante à lactose (ÊÊÊ – só que não). Agora passo mal demais quando consumo leite, creme de leite ou queijos brancos. Mas fiquei de boa com esse bolo – isto porque tolero bem iogurte (que tem um pouco menos de lactose) e o queijo que usei foi tipo parmesão (que, como outros queijos mais durinhos, perde boa parte da lactose no processo de maturação).

anterior
Sopa de favas com legumes e carne
próximo
Abacaxi em calda caseiro
anterior
Sopa de favas com legumes e carne
próximo
Abacaxi em calda caseiro

Adicionar um comentário